Data da ultima atualiza�ao
Pulmonar - Pela sua Saúde Respiratória - Leitura 03/08/2012



Notcias

Incor mais uma vez leva Oscar de Transplantes


Recordes históricos no transplante de coração e de pulmão garantem ao Incor, pelo segundo ano consecutivo, prêmio de destaque da Secretaria de Estado da Saúde.

Foram 29 transplantes de coração de adultos e 5 de crianças, além de 23 transplantes de pulmão, realizados em 2008, pelas equipes de clínicos e de cirurgiões que compõem os programas de transplante desses dois órgãos no Incor. Foi o ano em que o Instituto mais realizou transplantes, em seus 32 anos de existência.

Os recordes garantiram ao hospital o “Prêmio Destaque em Transplante 2009” em coração e em pulmão, concedido pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, em solenidade com a presença do governador José Serra, em 17 de fevereiro. “Somos o único hospital do estado que foi homenageado em duas categorias, fato que orgulha nossas equipes, principalmente porque representam uma grande esperança para os pacientes que aguardam uma nova chance de vida”, diz Prof. Dr. Fábio Jatene, cirurgião torácico e diretor do Programa de Transplante de Pulmão do Incor.

Os ganhos humanos são incontestáveis, afirma o Prof. Dr. Noedir Stolf, cirurgião cardíaco e presidente do Conselho Diretor. Além de significativa sobrevida – ao final do primeiro ano, cerca de 80% dos transplantados de coração permanecem vivos -, os pacientes ganham em qualidade de vida. “É gratificante ver pacientes que antes não conseguiam realizar atividades rotineiras, como tomar banho sozinhos, reassumirem suas vidas plenamente”.

No âmbito do HC, além do Incor, foi homenageado também o programa de transplante de fígado na vice-liderança nesse tipo de procedimento, com 91 cirurgias realizadas - apenas quatro procedimentos a menos que o primeiro colocado, o hospital Albert Einstein.

Outros três troféus foram dados ao Hospital São Paulo, da Escola Paulista de Medicina, campeão em transplantes de córneas na capital, com 275 cirurgias, de rim, com 295, e de pâncreas, com 43. O Hospital das Clínicas de Campinas foi o que mais se destacou no interior do Estado em transplantes de fígado, com 54 procedimentos, e de rim, com 70.

Já o Hospital Oftalmológico de Sorocaba foi homenageado por ter realizado o maior número de transplantes de córnea do Estado, campeão absoluto com 2.431 cirurgias. A Beneficência Portuguesa, vice-líder em transplantes de pâncreas, com 33 procedimentos, também recebeu prêmio da Secretaria, assim como o Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, segundo colocado em transplantes de coração, com 22 cirurgias.

No quesito captação de doadores, a Santa Casa de São Paulo foi o grande destaque na capital, viabilizando 117 doadores viáveis (que tiveram pelo menos um órgão aproveitado para transplante), enquanto o Hospital das Clínicas de Ribeirão liderou no interior, com 54 doadores viáveis. Essas duas instituições, junto com outras oito no Estado, possuem Organizações de Procura de Órgãos responsáveis pela busca ativa de potenciais doadores em um determinado grupo de hospitais definido regionalmente.

"Em 2008 registramos recorde histórico em transplantes no Estado de São Paulo, e o resultado reflete a solidariedade dos paulistas, mas também o trabalho incansável de médicos e outros profissionais de saúde na identificação, notificação e viabilização de doadores. Essa homenagem é,portanto, mais do que justa", disse o secretário da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.

Balanço da Secretaria aponta que no ano passado foram realizadas 7.683 cirurgias, resultado 26,7% superior ao registrado em 2007. Na média houve 21 transplantes por dia, ou seja, quase um por hora.

Do total de transplantes realizados pelos hospitais paulistas no ano passado, 1.485 foram de órgãos, dos quais 812 de rim, 430 de fígado, 122 e pâncreas, 74 de coração e 47 de pulmão. Além disso, houve 6.198 irurgias de córneas, consideradas tecidos.
 

Voltar

© 2017 www.sppt.org.br - Este site é mantido pela Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia
O conteúdo publicado neste site possui caráter meramente informativo. as informações aqui publicadas não devem ser usadas para a execução de diagnósticos, procedimentos ou tratamentos sem prévia orientação médica.
Consulte sempre o seu pneumologista.

Itarget