Data da ultima atualizaçao
Pulmonar - Pela sua Saúde Respiratória - Museu da Tuberculose - O ciclo sanatorial 03/08/2012



Museu da Tuberculose - O ciclo sanatorial


Douglas Carlyle Belculfiné
Médico Pneumologista e Tisiologista  pela SBPT
Doutor em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da USP


Com a cessão de uma área pelo município, interesse da Santa Casa de São Paulo em desafogar o seu hospital e o trabalho incansável da Sra. Vicentina de Queirós Aranha, esposa do senador paulista Olavo Egídio, foi inaugurado, em 1924, o Sanatório Vicentina Aranha, o 1º sanatório do Estado e 2º do país, construído com recursos angariados por campanhas de arrecadação de fundos e quermesses anuais.

Corroborando com as previsões nefastas da imprensa local, após a inauguração desse sanatório, outros foram construídos, contribuindo para o aumento da demanda de doentes ao município, a grande maioria deles desprovidos de recursos. Com a carência de médicos, várias farmácias se instalaram no município exercendo importante papel no atendimento aos doentes. Destaque-se a farmácia de Genésia B.

Tarantino, mãe do famoso pneumologista Afonso Tarantino. Dentre as inúmeras pensões (cerca de 23 pensões oficiais na década de 1930), existiu a pensão Rosemberg, pertencente ao pai do conhecido Dr. José Rosemberg, que viveu alguns anos no município, tendo exercido o trabalho de tisiologista por algum tempo nestas paragens. Em 1938, de acordo com o Anuário Estatístico, existiam 203 residências que acolhiam doentes.

Com o aumento na demanda de pacientes, o município acaba acatando a condição de estação de tratamento e direciona os investimentos para esta área, culminando com a transformação, em 1935, em Estância Climática. Este fato gerou a provisão de mais recursos do governo estadual, porém o município teve de arcar com a perda da autonomia política e administrativa. A partir de então o município torna-se referência para o tratamento da doença e, além do tratamento climático, passa a realizar intervenções cirúrgicas, desde o pneumotórax terapêutico até grandes ressecções pulmonares.

A cidade nesse período tinha poucas ruas calçadas; suprimento de água deficiente; sistema de esgoto apenas nas ruas centrais e sem tratamento; dificuldade com transporte do lixo e alta mortalidade infantil. Neste chamado ciclo sanatorial, vários tisiologistas ocuparam o cargo de prefeito, dentre eles o eminente professor Rodolfo Santos Mascarenhas.

Voltar ao Museu da Tuberculose

São José dos Campos e a tuberculose


© 2017 www.sppt.org.br - Este site é mantido pela Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia
O conteúdo publicado neste site possui caráter meramente informativo. as informações aqui publicadas não devem ser usadas para a execução de diagnósticos, procedimentos ou tratamentos sem prévia orientação médica.
Consulte sempre o seu pneumologista.

Itarget